A confirmação é um sacramento?

O primeiro discute-se assim. — Parece que a confirmação não é um sacramento.

1. — Pois. os sacramentos tiram a sua eficácia da instituição divina, como se disse. Ora, em nenhum lugar se lê que Cristo tivesse instituído a confirmação. Logo, não é sacramento.

2. Demais. — Os sacramentos da Lei Nova estavam prefigurados na Velha. Por isso diz o Apóstolo: Todos foram batizados debaixo da conduta de Moisés na nuvem e no mar, e todos comeram de um mesmo manjar espiritual e todos beberam de uma mesma bebida espiritual. Ora, a confirmação não foi prefigurada no Testamento Velho. Logo, não é um sacramento.

3. Demais. — Os sacramentos se ordenam à nossa salvação. Ora, podemos nos salvar sem a confirmação; assim as crianças batizadas, mortas sem confirmação, salvam-se. Logo, a confirmação não é um sacramento.

4. Demais. — Por todos os sacramentos da Igreja o homem se conforma com Cristo autor deles. Ora, pela confirmação não pode os nos conformar com Cristo, de quem não lemos que fosse confirmado. Continuar lendo

O sacramento da confirmação – IV

Pe. Henrique Soares da Costa

Com este artigo vamos concluir nossa apresentação do sacramento da Confirmação. Depois das três exposições anteriores, podemos, como síntese conclusiva, apresentar as seguintes afirmações:

(1) O sacramento da Confirmação é de instituição divina, enquanto sinal eficaz do dom do Espírito, prometido no Antigo Testamento e doado por Cristo na sua ressurreição. Este Espírito, Cristo o concedeu à sua Igreja e ordenou-lhe comunicar a todos os que nele cresses. Assim, o Santo Espírito é força que transforma aqueles que pelo Batismo foram lavados e renovados em Cristo Jesus, o Ungido (= Cristo, Messias) por excelência. O Cristo, pleno do Espírito, derramou seu Santo Espírito, dando início, com a sua morte e ressurreição, ao tempo da Igreja, que é tempo do Espírito Santo – é o Espírito quem sustenta, orienta e motiva a Igreja na sua missão de testemunhar o Senhor Jesus diante do mundo. Se no Batismo recebemos o Santo Espírito como vida de Deus que nos vem pelo Senhor Jesus, Continuar lendo

O sacramento da confirmação – III

Pe. Henrique Soares da Costa

Depois de termos visto a fundamentação bíblica para o Sacramento da Confirmação, veremos como a celebração deste sacramento desenvolveu-se no decorrer da história. Para isto seguiremos muito de perto o Catecismo da Igreja Católica.

Nos primeiros séculos o Batismo e a Confirmação eram celebrados conjuntamente, era uma espécie de “sacramento duplo”, como dizia o santo Bispo Cipriano de Cartago, no século III. O recém batizado, chamado neófito (que significa neo-luminado), logo ao sair da água, era ungido pelo Bispo com o santo Crisma, o óleo que significava o dom do Espírito Santo. Por exemplo, a Didaqué, o primeiro catecismo da Igreja, escrito no final do século I, prescreve assim o rito do Batismo e da Confirmação: Continuar lendo

O sacramento da confirmação – II

Pe. Henrique Soares da Costa

No último artigo sobre os sacramentos começamos a apresentar a Confirmação. Já expliquei o sentido deste sacramento; hoje veremos como a Igreja fundamentou-o biblicamente. Uma coisa, mais uma vez, é necessário deixar claro: a Sagrada Escritura, com toda a sua riqueza de Palavra de Deus, somente pode ser compreendida de modo correto e pleno quando lida em consonância com a Tradição da Igreja, que nos traz também a divina revelação. Compreenderemos bem a fundamentação bíblica da Confirmação se compreendermos o modo como a Igreja leu a Escritura e a interpretou inspirada pelo Santo Espírito e também o modo como a Igreja, desde as origens celebrou os sacramentos.

Então, vejamos. Continuar lendo

O sacramento da confirmação – I

Pe. Henrique Soares da Costa

No artigo passado terminamos nossa exposição sobre o Batismo. Vimos que neste sacramento somos mergulhados no Espírito do Cristo ressuscitado. Este Espírito nos cristifica e nos dá uma vida nova, a vida do Ressuscitado, aquela vida plena que a Escritura chama de eterna, porque é a vida do próprio Eterno, que é Deus. Também já vimos que, habitados pelo Espírito de Amor, Espírito que é o Amor do Pai e do Filho, somos feitos templos da Trindade Santa. Vamos agora tratar de um outro sacramento, o segundo dos três que constituem a iniciação cristã. Trata-se do sacramento da Confirmação.
Desde os primórdios a Igreja conhece ainda um outro sacramento, intimamente ligado ao Batismo, denominado Crisma ou Confirmação. Em que consiste este sacramento? Qual seu significado? Qual sua fundamentação bíblica? É destas questões que trataremos a partir de agora. Continuar lendo