Estevão: “Cheio de Graça” como Maria?

Santo Estêvão

Os protestantes, para negar que Maria seja imaculada, usam o seguinte versículo dos Atos dos Apóstolos 6,8:

“Estêvão, cheio de graça e fortaleza, fazia grandes milagres e prodígios entre o povo.” (Tradução Ave-Maria)

A partir daí, dizem que Maria tinha pecado, porque Estevão mesmo “cheio de graça” não é tido como imaculado. Com o intuito de esclarecer esta tentativa protestante de argumentar contra a Imaculada Conceição de Maria, este texto abordará o real significado das palavras deste versículo, não deixando dúvidas de que não passa de mais uma tentativa frustrada dos protestantes de colocar Maria sob o poder do maligno.

Contextualizaremos então o que Atos 6,8 diz a partir dos códices antigos do Novo Testamento em seu contexto e significado. Vejamos:

TEXTUS RECEPTUS

στεφανος δε πληρης πιστεως και δυναμεως εποιει τερατα και σημεια μεγαλα εν τω λαω (Atos 6,8)

A partir daqui já começamos a ver a diferença com a interpretação protestante. A palavra por vezes traduzida por “graça”, no Textus Receptus é trazida por pistis, traduzida pela concordância Strong por :

4102 Πιστις  pistis

de 3982 ; TDNT – 6:174,849; n f

1)  convicção da verdade de  algo, fé; no NT, de  uma convicção  ou crença que diz  respeito ao relacionamento do homem com Deus e com as coisas divinas, geralmente com a ideia inclusa de confiança e fervor santo nascido da fé e unido com ela

1a) relativo a Deus

1a1) a convicção de que Deus existe e é o criador e governador de todas as coisas, o provedor e doador da salvação eterna em Cristo

1b) relativo a Cristo

1b1) convicção ou fé forte e bem vinda de que Jesus é o Messias, através do qual nós obtemos a salvação eterna no reino de Deus

1c) a fé religiosa dos cristãos

1d) fé com a ideia predominante de confiança (ou confidência) seja em Deus ou em Cristo,surgindo da fé  no mesmo

2)  fidelidade, lealdade

2a) o caráter de alguém em quem se  pode confiar

CODEX VATICANUS

acts 6,8 vaticanus

Στέφανος δὲ πλήρης χάριτος καὶ δυνάμεως ἐποίει τέρατα καὶ σημεῖα μεγάλα ἐν τῷ λαῷ. (Atos 6,8)

Já no Codex Vaticanus, em vez de pistis vem a palavra charis. Oras, o que não altera o sentido do texto, como veremos a partir da concordância Strong:

5485 χαρις charis

De 5463; TDNT – 9:372,1298; n f

1)      graça

1a) aquilo que dá alegria, deleite, prazer, doçura, charme, amabilidade: graça de discurso

2)      boa vontade, amável bondade, favor

2a) da bondade misericordiosa pela qual Deus, exercendo sua santa influência sobre as almas, volta-as para Cristo, guardando, fortalecendo, fazendo com que cresçam na fé cristã, conhecimento, afeição, e desperta-as ao exercício das virtudes cristãs

3)      o que é devido à graça

3a) a condição espiritual de alguém governado pelo poder da graça divina

3b) sinal ou prova da graça, benefício

3b1) presente da graça

3b2) privilégio, generosidade

4) gratidão, (por privilégios, serviços, favores), recompensa, prêmio

Mais outro ponto contra a argumentação protestante. O texto está se referindo à fé de Estevão. A palavra graça vem com esse significado, como logo acima é dito.

CODEX SINAITICUS

acts 6,8

CODEX ALEXANDRINO

acts 6,8 alexandrinus

Também é trazida a palavra graça, tanto para o Codex Sinaiticus como para o Codex Alexandrino, mas a esse respeito cabe a mesma explicação do Codex Vaticanus.

TEXTO BIZANTINO

Στέφανος δὲ πλήρης πίστεως καὶ δυνάμεως ἐποίει τέρατα καὶ σημεῖα μεγάλα ἐν τῷ λαῷ. (Atos 6,8)

Da mesma forma que o Textus Receptus, o Texto Bizantino vem com pistis, que denota .

CONSIDERAÇÕES

Como vimos, nos principais códices há esta variação entre as palavras charis e pistis. Isso se dá porque o sentido é o comum às duas palavras: o sentido de fé. Bem diferente de Maria, que é chamada de “κεχαριτωμενη”, não no sentido que tange à fé de Maria, mas no sentido dela ser “cheia de graça” por antonomásia, não englobando apenas um significado de charis, mas todos os possíveis.

Como não poderia deixar de considerar uma última coisa, vasculhando o texto grego percebe-se ainda que é usada a palavra “cheio” propriamente dita, em grego, em Atos 6,8, em todos os códices. Tomaremos por exemplo o Textus Receptus:

στεφανος δε πληρης πιστεως και δυναμεως εποιει τερατα και σημεια μεγαλα εν τω λαω (Atos 6,8)

Agora, eis o significado segundo a Concordância Strong:

4134 Πληρης  pleres

De 4130; TDNT – 6:283,867; adj

1) cheio, i.e., preenchido, completo (em oposição a vazio)

1a) de recipientes ocos ou feitos para serem preenchidos

1b) de uma surperfície, completamente coberta

1c) da alma, totalmente permeada com

2) inteiro, i.e., completo

2a) que não tem falta de  nada, perfeito

Pleres não existe em todos os códices de Lucas 1,28. Vejamos novamente tomando por exemplo o Textus Receptus:

και εισελθων ο αγγελος προς αυτην ειπεν χαιρε κεχαριτωμενη ο κυριος μετα σου ευλογημενη συ εν γυναιξιν (Textus Receptus)

Logo, demonstra-se que a tradução “cheia de graça” em Lucas 1,28 é traduzida desta forma (com a palavra “cheia”) pela força da palavra κεχαριτωμένη, ao passo que em Atos 6,8 a tradução “cheio de graça ( = fé)” em Atos 6,8 é literal. E como está se tratando de , aí percebemos a grande diferença com o caso de Maria: a fé é uma virtude teologal, ou seja, só Deus dá. Então, como é evidente, Estevão só veio a ter aquela fé quando Deus a deu a ele.

CONCLUSÃO

Pelo que foi exposto, provado e explicado, fica então evidente que se Estevão não era “cheio de graça” da mesma forma que Maria o era. Maria era por antonomásia, Estevão não. A Maria é referida toda sorte de graça, a Estevão era salientada a virtude da fé, caindo assim por terra a pretensão protestante de colocar uma igualdade tal onde ela não existe.

Por Jesus e Maria,

Lucas Henrique.

________________________________________________________________________________
PARA CITAR:

OLIVEIRA, Lucas H. Firmat Fides: Estevão: “Cheio de Graça” como Maria?. Disponível em: < https://firmatfides.wordpress.com/2013/10/02/estevao-cheio-de-graca-como-maria/ >. Desde 02/10/2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s