Jesus afirma: “Eu sou Deus”

Nesse tópico eu vou mostrar para o leito a pior qualificação protestante que existe, são os chamados “judaizantes”; esses são piores do que os tradicionais, pois os tradicionais que já conhecemos perseguem a Igreja, já os judaizantes perseguem a Igreja e a Jesus Cristo; as igrejas que compõe essa ideologia são (Adventistas, Congregação Israelita da nova aliança, Ministério 4 anjos, Judaísmo messiânico entre outras menores).

O principio de sua doutrina é negar a Divindade de Jesus Cristo, ou seja, seus princípios são totalmente heréticos e satânicos, usam falsos argumentos totalmente humanos de que “Jesus era filho de Deus então não poderia ser Deus, ou Jesus orava ao Pai então ele não poderia ser o Pai, ou só pode existir um Deus então Jesus não pode ser Deus”, sendo assim, esses judaizantes querem que Deus se resuma as suas limitações humanas fora da compreensão Celestial e Divina, a Bíblia é bem clara nesse ponto.

Deuteronômio 29

29. O que está oculto pertence ao Senhor, nosso Deus; o que foi revelado é para nós e para nossos filhos, para sempre, a fim de que ponhamos em prática todas as palavras desta lei.

Prestem atenção no grifo, “O que está oculto pertence ao Senhor”; pois bem, jamais poderemos entender todas as coisas Divinas e muito menos medir as coisas Divinas com a régua humana, dizer que a trindade não existe porque são 3 pessoas em uma só substancia Divina é um modo totalmente humano de pensa e São Paulo nos adverte contra esse modo de pensar em sua carta aos Corintos.

Mas voltando ao assunto sobre a Divindade de Jesus Cristo, dizer que o mistério da santíssima trindade não pode existir porque um Deus único não pode estar dividido em (3) pessoas é um modo totalmente humano de se pensar, esses judaizantes acreditam que Deus está limitado a matemática humana esquecendo de que para Deus (5) pães e (2) peixes alimentam 5 mil pessoas. Mas eu vou provar de uma vez por todas e pelas Escrituras Sagradas que Jesus Cristo é Deus, se encarnou e habitou 33 anos no meio de nós.

O que devemos entender primeiramente é que ninguém mais pode ser chamado de SENHOR a não ser o nosso único Deus.

Deuteronômio 6

4. Ouve, ó Israel! O Senhor, nosso Deus, é o único Senhor.
5. Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças.

Observem que ninguém mais pode ser chamado de Senhor a não ser Deus, no entanto Jesus Cristo por varias vezes foi citado como sendo Nosso Senhor.

Santa Isabel foi a primeira a tratar Jesus Cristo como seu Senhor:

Lucas 1

43. Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?

Santo Estevão também o chamou assim:

Atos 7

59. E apedrejavam Estêvão, que orava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito.

São Paulo também o chamou de Senhor?

Romanos 15

30. Rogo-vos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo e em nome da caridade que é dada pelo Espírito, combatei comigo, dirigindo vossas orações a Deus por mim

Por sua vez São Tiago usa o mesmo termo:

Tiago 2

1. Meus irmãos, na vossa fé em nosso glorioso Senhor Jesus Cristo, guardai-vos de toda consideração de pessoas.

Realmente foram varias vezes que os Apóstolos trataram Jesus Cristo como seu Senhor, no caso os judaizantes diriam que eles eram idolatras por tratarem Jesus Cristo com termos usados apenas para Deus.

Isso foi muito pouco para se provar que Jesus Cristo é Deus, eu vou colocar nesse momento provar concretas onde Jesus Cristo se determina sendo Deus.

Primeiro temos que entender o real significado de “JAVÉ”, esse foi o nome com que Deus se apresentou no deserto para Moises.

Êxodo 3

13. Moisés disse a Deus: “Quando eu for para junto dos israelitas e lhes disser que o Deus de seus pais me enviou a eles, que lhes responderei se me perguntarem qual é o seu nome?”
14. Deus respondeu a Moisés: “EU SOU AQUELE QUE SOU”. E ajuntou: “Eis como responderás aos israelitas: (Aquele que se chama) EU SOU envia-me junto de vós.”
15. Deus disse ainda a Moisés: “Assim falarás aos israelitas: É JAVÉ, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó, quem me envia junto de vós. Este é o meu nome para sempre, e é assim que me chamarão de geração em geração”.

Observem que Deus diz a Moises como é o seu nome, como ele seria conhecido ou reconhecido entre o povo Hebreu, esse nome é “JAVÈ” traduzindo (EU SOU).            

Agora eu quero que o leitor preste bem a atenção como Jesus Cristo se apresenta para os fariseus.

João 8

58. Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: antes que Abraão fosse, (EU SOU).
59.
A essas palavras, pegaram então em pedras para lhas atirar. Jesus, porém, se ocultou e saiu do templo.

Observem que Jesus Cristo se apresenta no meio dos fariseus da mesma forma com que Deus se apresenta para Moises no deserto. Não foi a toa que os fariseus tentaram apedrejar Jesus Cristo naquele momento, a tentativa de apedrejamento foi exatamente porque Jesus Cristo ao dizer (EU SOU) estava ali se declarando ser Deus.

Outra passagem onde mostra claramente que Jesus Cristo é Deus foi quando Felipe pediu para que Jesus Cristo mostrasse a ele o Pai.

João 14

8. Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai e isso nos basta.
9. Respondeu Jesus: Há tanto tempo que estou convosco e não me conheceste, Filipe! Aquele que me viu, viu também o Pai. Como, pois, dizes: Mostra-nos o Pai…

Não há o que se interpretar nessa passagem, ela é simples, objetiva e clara, Felipe pede para que Jesus Cristo lhe mostre o Pai e Jesus Cristo por sua vez diz “Há tanto tempo estou convosco e não me conheces”; simples o Filho e o Pai estão unidos na mesma substancia Divina, ou seja, o Pai e o Filho são os mesmos.

Outra passagem onde nos mostra claramente que Jesus Cristo é Deus está na carta de São Paulo aos Colossenses onde São Paulo afirma que Jesus Cristo é a imagem de Deus visível e que “tudo foi criado nele, pra ele e por ele”.

Colossenses 1

15. Ele é a imagem de Deus invisível, o Primogênito de toda a criação.
16. Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as criaturas visíveis e as invisíveis. Tronos, dominações, principados, potestades: tudo foi criado por ele e para ele.
17.
Ele existe antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem nele.

O texto é bem claro, São Paulo está afirmando que Jesus Cristo é a imagem visível do criador e que tudo foi criado para ele e por ele, se Jesus Cristo não fosse Deus e não estivesse unido na mesma substancia Divina de Deus Pai, São Paulo teria cometido uma heresia nessa carta, na verdade creio que os judaizantes pensem isso no seu intimo pessoal até porque seu intimo pessoal é administrado por satanás.

Bem meus irmãos Católicos, eu poderia ficar aqui escrevendo 500 paginas provando que Jesus Cristo é Deus, mas o meu propósito é fazer textos claros, diretos e objetivos, então estou aqui colocando as principais referências Bíblicas sobre o assunto, para termina vou mostrar que Jesus Cristo possui toda a autoridade que só pode ser atribuída a Deus.

Filipenses 2

10. para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos.
11. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor.

São Paulo escreve que “Céu, Terra e Inferno” dobram os joelhos para o Nome de Jesus Cristo, eu vou provar a vocês que só Deus tem essa autoridade para que todos dobrem os joelhos perante ele.

Isaias 4

23. juro-o por mim mesmo! A verdade sai de minha boca, minha palavra jamais será revogada: todo joelho deve dobrar-se diante de mim, toda língua deve jurar por mim,
24. dizendo: É só no Senhor que se encontra a vitória e a força. A ele virão envergonhados todos aqueles que se tinham levantado contra ele;

Eu Cris Macabeus só tenho uma coisa a dizer para essas seitas judaizantes, principalmente aos adventistas e a ministério 4 anjos; vocês terão que dobrar os joelhos para o nome de Jesus Cristo de qualquer forma, se não for na terra e no céus, vocês terão que dobrar os joelhos para no nome dele no inferno, não seria melhor vocês se converterem e aceitarem Jesus Cristo como seu Deus e salvador aqui na terra e continuar com ele no céu? Vocês vão esperar o juízo final para se arrependerem no inferno e dizer que poderiam ter feito isso enquanto estavam vivos? Pense bem, São Paulo esperava a volta do seu Deus e Salvador Jesus Cristo, para São Paulo Jesus Cristo era Deus e Salvador.

Tito 2

13. na expectativa da nossa esperança feliz, a aparição gloriosa de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo,

Vale lembrar que a “desgraça do ministério 4 anjos” usam uma Bíblia adulterada, eles acrescentaram um (DE NOSSO) onde não existe.

Pastor Jairo usa Bíblia adulterada.

Texto usado pelo pastor Jairo de Carvalho e o Ministério 4 anjos:

Tito 2:13:

“aguardando a bendita esperança, e a manifestação da glória do nosso grande Deus, (E *DE* NOSSO) Salvador Jesus Cristo” (Com. Bíblia Almeida Rev. e Atualizada) 

Eles adulteraram até o que já estava adulterado, pois a Almeida Revisada e atualizada está assim.

Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus (E NOSSO) Salvador Jesus Cristo;

Nessa versão que ele diz usar não aparece o (DE) na verdade essa tradução já está adulterada, pois não aparecem nem o (DE) e nem o (NOSSO) na tradução correta. 

Meus irmãos percebam a astúcia de satanás nessa tradução, nela diz que São Paulo estava esperando a manifestação do:

Grande Deus (E DE NOSSO) salvador Jesus Cristo.

Dando a entender que São Paulo se referia a duas pessoas diferentes; uma era Deus e outra o Nosso Salvador Jesus Cristo, mas a tradução correta é:

Grande Deus (E) Salvador, Jesus Cristo.

São Paulo diz que Deus e o Nosso Salvador Jesus Cristo são uma única pessoa, observem a diferença que se da em um texto ao se acrescentar palavras que não existem. Mas para retirar qualquer dúvida eu vou colocar o texto Grego e também a tradução correta.

Texto grego:

“προσδεχομενοι την μακαριαν ελπιδα και επιφανειαν της δοξης του μεγαλου θεου και σωτηρος ημων ιησου χριστου”

Tradução:

aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo”

(E) Em Grego é (και)

(E DE NOSSO) Em Grego é (και μας)

Meus irmãos vejam se aparece (και μας) nesse versículo.

 

του μεγαλου θεουκαι” σωτηρος ημων ιησου χριστου

Grande Deus (e) Salvador Jesus Cristo

 

Simplesmente eles acrescentaram (DE NOSSO) onde não existe nesse texto, só existe (E) que no Grego é (KAI).

Agora vou mostrar a diferença da Bíblia adulterada que eles usam e da Bíblia original que nós Católicos usamos.

Texto adulterado Grande Deus, (E DE NOSSO) Salvador Jesus Cristo.

Texto original      Grande Deus  (E)—————–Salvador Jesus Cristo.

Ou seja, para São Paulo Jesus Cristo era Deus e Salvados e não apenas Salvador como esse pastor maligno acredita.

Ministério 4 anjos e aos judaizantes não existe esse (DE NOSSO) nesse trecho da tradução.

Realmente essas pessoas não são de Deus. 

Autor: Cris Macabeus

Fonte: crismacabeus.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s